Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Brasil

Prazo para Temer responder perguntas da PF acaba nesta sexta

Termina nesta sexta-feira (9), às 17h, o prazo para o presidente Michel Temer responder as 82 perguntas feitas pela Polícia Federal (PF).

Essas perguntas fazem parte do inquérito em que Temer é citado na delação da JBS. O prazo, inicialmente de 24 horas, terminava na terça-feira (6), mas foi prorrogado a pedido da defesa, pelo ministro-relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

Os advogados de Temer alegaram que o tempo era muito curto para responder esses questionamentos.

As perguntas feitas ao presidente abordam temas como o encontro que ele teve com o empresário Joesley Batista, em que houve a gravação, e a relação de Temer com o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB), flagrado com uma mala com R$ 500 mil.

O ministro-relator Edson Fachin deixou claro que o presidente tem o direito constitucional de não produzir provas contra si e pode deixar de responder parte das perguntas se a defesa julgar necessário.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!