Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Cidades

Prefeito campinense enxerga a greve dos servidores da saúde como politica

foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Na última quarta-feira, 7, os servidores da saúde do município de Campina Grande deflagraram greve.

O motivo foi as pautas da categoria que não foram atendidas pela Secretaria de Saúde, bem como o prefeito Romero Rodrigues.

Durante o lançamento do aplicativo “O Maior São João do Mundo, nessa sexta-feira, 9, o prefeito Romero Rodrigues falou que enxerga a greve dos servidores da saúde como política.

– Acompanhe o Brasil quem é o prefeito e o governador que está dando reajuste? ninguém. Quando damos eles entram em greve, então só pode ser política. Temos tentado fazer um esforço para dialogar, mas não adianta porque quando tentamos fazer um esforço para conversar pregam uma peça porque é uma ação totalmente política para poder tentar, de certa forma, desestabilizar a Prefeitura. As mesmas pessoas que sinalizam pela greve são as mesmas que apoiam o governo do Estado, que não dá reajuste nenhum. Aqui é ao contrário, quando damos eles entram em greve – criticou.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!