28 de novembro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Cidades

Programa Famílias Fortes encerra primeiro ciclo com números positivos em Campina Grande

Resultados do trabalho foram apresentados em Brasília e já estão garantidos recursos de 520 mil reais, por meio de emendas federais

Durante os meses de agosto e setembro deste ano a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), colocou em prática ações do Programa Famílias Fortes, do Governo Federal, em alguns bairros da cidade. O objetivo do programa é garantir o bem-estar das famílias assistidas, a partir do fortalecimento dos vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades sociais. A meta inicial é atender 480 famílias, com jovens entre 10 e 14 anos, até junho de 2023.

De acordo com a coordenação do programa no município, em apenas dois meses de funcionamento, o trabalho obteve um resultado além do esperado, com a melhora no comportamento de alguns jovens acompanhados pelo programa, a exemplo de redução na agressividade e no isolamento social, melhoria na qualidade da relação familiar e no rendimento escolar, além de uma melhor perspectiva de futuro e menor incidência no uso de substâncias tóxicas.

Esses dados, de acordo com a articuladora do programa no município, Aline Aguiar, foram obtidos junto às famílias que participaram desse primeiro ciclo e que são acompanhadas diariamente, o que foi amplamente comemorado por toda a equipe. Nesse primeiro ciclo foram atendidas 58 famílias ligadas ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) dos distritos de Galante e São José da Mata, Aluízio Campos e os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com o trabalho de 22 profissionais, entre facilitadores e cuidadores.

O resultado foi tão significativo que, recentemente, as coordenadoras Aline Aguiar e Samara Rodrigues estiveram na cidade de Brasília para apresentar o relatório do primeiro ciclo na Secretaria Nacional da Família (SNF) e, ao mesmo tempo, buscar de recursos para garantir a continuidade do programa. Elas foram recebidas pelo vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado André de Paula, que direcionou sobre onde buscar os recursos. Elas estiveram também com o deputado federal Efraim Filho, que conheceu o programa e se comprometeu em garantir emenda no valor de R$ 200 mil reais.

Na Secretaria Nacional da Família, ambas foram recebidas por Ângela Gandra (secretária Nacional da Família) e pelo diretor do Departamento de Formação, Desenvolvimento e Fortalecimento de Família, Marcello Maia, que elogiaram o trabalho desenvolvido em Campina Grande. Ao final, ficou acordado que o programa fará parte de uma pesquisa viabilizada pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Também foi cogitada a possibilidade de Campina Grande se tornar referência na aplicação do Programa Famílias Fortes, como já acontece com o programa Criança Feliz, desenvolvido pela Semas, voltado à primeira infância e que já foi reconhecido em nível nacional, por duas vezes.

O deputado federal Pedro Cunha Lima também recebeu a equipe e garantiu a doação de R$ 320 mil reais, através de emenda, completando a arrecadação necessária para a aplicação do programa no próximo ano. As emendas representam um total de R$ 520 mil reais.

Encerrando a agenda em Brasília, segundo Aline Aguiar, articuladora do programa no município, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, demonstrou satisfação com a aplicação do Programa em Campina Grande. “Inclusive sugeriu a inserção de outro programa federal ao Famílias Fortes, para atender as crianças que ficam com os cuidadores”, destacou Aline.

“Um trabalho exitoso, com equipes bem treinadas para lidar com todas essas questões familiares, sobretudo envolvendo jovens, e o resultado tem sido muito satisfatório. Fico feliz com o olhar especial que o governo federal tem tido com esse programa, sobretudo os nossos deputados federais. A certeza que a gestão do prefeito Bruno Cunha Lima está no caminho certo”, pontuou o secretário Valker Neves (Semas).

O segundo ciclo do programa, que conta com sete encontros (com duração de 3 horas cada) teve início em 03 de novembro último, com o trabalho de 32 profissionais que estão atuando nos bairros do Mutirão, Pedregal, Aluízio Campos e continua nos distritos de Galante, São José da Mata e no Cras do bairro do Glória.

Prefeitura Municipal de Campina Grande – Portal Online

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!