16 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Política

Radicalismo: Xuxa pede que deixem de segui-la quem é a favor de Bolsonaro

Neste domingo (10), a apresentadora Xuxa Meneghel usou as redes sociais para lamentar as 600 mil mortes por Covid-19 e protestar, creditando-as ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Na publicação, Xuxa usa uma série de fotos para comparar o número de mortos com a lotação do estádio Maracanã e de um Boing 747, aeronave que já teve recorde de capacidade de passageiros.

“Não adianta dizer que é culpa do Covid, do jornalismo, do mundo que critica ‘ele’. Quando as pessoas vão ver que estão sendo enganadas? Assinem já o impeachment” escreveu.

Na publicação seguinte, ainda no domingo, a apresentadora compartilha um vídeo que mostra Bolsonaro queixando-se de ter sido impedido de assistir presencialmente ao jogo do Santos e do Grêmio por não ter se vacinado.

Xuxa reitera sua posição anti-Bolsonaro, pedindo o impeachment dele e também para que “parem de segui-la” quem pensar em argumentar a favor do presidente.

“Eu lhe respondo por que Sr. presidente: porque estamos em uma pandemia, porque lei serve para todos, porque assim protegemos as pessoas, porque já morreram 600 mil pessoas, porque precisamos seguir o que os cientistas, médicos e a Organização Mundial da Saúde pede e exige a TODOS no mundo. Quem não faz isso não segue as regras mundiais, é GENOCIDA…..( E AINDA TEM GENTE QUE VAI QUERER ARGUMENTAR)… por favor, deixe de me seguir, deixe de falar comigo. E você que é a favor da vida assine o impeachment agora” escreveu Xuxa.

Palavra PB

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!