21 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesEsportes

Renato tem quebra-cabeça para escalar o Flamengo

Depois do empate com Bragantino e da vitória sobre o Fortaleza, o Flamengo enfrenta o Juventude nesta quarta, no Maracanã. A equipe gaúcha é tradicionalmente um adversário duro para os rubro-negros, e Renato Gaúcho novamente terá montar um quebra-cabeças para escalar o time.

Renato Gaúcho no treino do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Renato Gaúcho no treino do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Se vencer, o Flamengo melhora o aproveitamento que teve contra estes três clubes no primeiro turno, quando também atuou muito desfalcado por causa de convocações. Na ocasião, perdeu para o Bragantino e Juventude e venceu o Fortaleza.

A equipe de Caxias do Sul costuma dar trabalho. No histórico do Brasileiro, são 22 duelos com nove vitórias do Juventude, sete do Flamengo e seis empates.

Sem seus garçons, Renato terá que fazer escolha

Sem Arrascaeta, cortado da seleção do Uruguaio com uma lesão na coxa, e Vitinho, suspenso, o treinador não terá em campo os seus dois principais garçons na temporada. Ambos já deram 13 assistências.

Assim, Renato terá que encontrar no elenco alguém para entrar na vaga e completar o meio de campo.

Algumas das alternativas de Renato:

Kenedy: em tese, a alternativa mais provável. Pesa contra ele, que ainda não foi titular, a falta de ritmo.

Gomes: com a eventual entrada do volante, Andreas Pereira e Thiago Maia atuariam mais adiantados.

Rodinei: uma opção caso Renato queira fazer uma dupla de laterais com Matheuzinho.

Lázaro: entrou em seis jogos desde que Renato chegou ao Flamengo. Tem mais características de atacante do que de armador.

Kenedy no treino do Flamengo de segunda-feira — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Kenedy no treino do Flamengo de segunda-feira — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Dos inúmeros problemas do treinador, quem tem mais chance de voltar ao time é o goleiro Diego Alves e o zagueiro Gustavo Henrique. Diego, com um edema na panturrilha, ainda precisa de mais tempo para o recondicionamento. David Luiz e Bruno Henrique estão no departamento médico.

Na frente, a esperança principal de gols é o centroavante Pedro, que marcou nos últimos dois jogos.

– Cada jogo do Brasileiro é uma final para gente, e este não será diferente. Vamos entrar respeitando o adversário, mas buscando sempre a vitória. O elenco do Flamengo cada partida pede isso, ganhar. Espero que possamos entrar com essa mentalidade de querer vencer, mas sempre com respeito ao adversário – afirmou Pedro à FlaTV.

O Flamengo é o segundo colocado com 42 pontos, 11 pontos a menos do que o líder Atlético-MG, que tem dois jogos a mais.

GE

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!