16 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Paraíba

Romero sobre saída de Reul: “Eu não pedi para Bruno nomear Reul e nenhum outro secretário”

O fim de semana começou movimentado em Campina Grande com a exoneração de Filipe Reul da Secretaria Municipal de Saúde. Ele foi substituído pelo médico Gilney Porto, que atuava como secretário executivo da pasta.

A saída de Reul levantou questionamentos sobre um possível estremecimento na relação política entre Romero Rodrigues (PSD), ex-prefeito da Rainha da Borborema, e o atual gestor da cidade, Bruno Cunha Lima, também filiado ao PSD.

As especulações acontecem porque Filipe Reul era secretário da gestão de Romero e seria a indicação do mesmo para a gestão de Bruno. A demissão dele causou estranheza nos bastidores políticos.

Mas Romero, pré-candidato ao governo do Estado em 2022, negou que haja mágoas ou divergências entre ele e o atual prefeito da Rainha da Borborema.

Ele frisou que soube da saída de Reul pela imprensa e agradeceu o trabalho realizado pelo ex-gestor da Saúde, principalmente durante a pandemia.

– Eu acompanhei pela imprensa e vi hoje as informações da exoneração de Filipe. Ele tem meu carinho, meu respeito, trabalhou intensamente, deu sua contribuição para salvar vidas em Campina Grande e na Paraíba – apontou.

Romero negou que tenha feito indicações políticas na gestão de Bruno e disse que foi escolha dele manter Reul no cargo quando assumiu a prefeitura.

– Eu não pedi para Bruno nomear Reul e nenhum outro secretário. Fiquei feliz com o quadro que compuseram o meu governo, mas foi decisão de Bruno. Não tenho absolutamente nenhuma dificuldade, nem raiva, nem problema pessoal. De minha parte, tranquilidade e sempre pedindo a Deus que dê discernimento a Bruno na condução da cidade – salientou.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!