A possível reforma pelo Governo do Estado do prédio onde funcionou em Campina Grande a Secretaria de Interiorização, no bairro da Estação Velha, foi tema de uma ponderação do vereador Rubens Nascimento, do Democratas, na manhã desta quarta-feira, 09, durante sessão remota da Câmara de Vereadores.

O parlamentar lembrou que o prédio foi completamente abandonado pelo Governo do Estado, passando a ser alvo de depredação e vandalismo, no que considera uma representação do descaso da gestão para com Campina Grande, apesar de o governador João Azevêdo ter prometido durante a campanha que despacharia pelo menos uma vez por mês na cidade.

Agora, com as proximidades de um novo período eleitoral, Azevêdo sinaliza uma reforma do prédio, cujo custo certamente ficará bem mais elevado pelo abandono, da parte do próprio governo, do imóvel.

“Aquele prédio era servível até a retirada da secretaria pelo Governo do Estado e a ausência de utilização do imóvel, que está bastante depreciado, gerando um grande prejuízo ao erário, de modo que essa reforma, se ocorrer, terá um custo muito elevado, quando teria bastado uma adaptação e melhorias se não tivesse havido o abandono”, ressaltou o vereador.

CALIBRAGEM DO GPS 

Sobre o distanciamento de João Azevedo em relação à cidade, Rubens Nascimento disse sugerir “à assessoria do governador a calibragem do GPS para que ele, de fato acerte o caminho de Campina para trazer investimentos, reformas e obras importantes”. 

Rubens também afirmou esperar que, caso ocorra a reforma do imóvel onde funcionou a Secretaria de Interiorização, possa o equipamento servir à população de Campina Grande, lembrando que a situação do prédio, inclusive, já havia sido denunciada por ele na tribuna da Câmara Municipal. 

——-

Imagem: Leonardo Silva – Paraíba Online