15 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Sargento Neto deverá sair do PSD por partido se afastar de Bolsonaro e aproximação ao PT

O vereador Sargento Neto, filiado ao PSD, disse que não garante sua permanência na legenda caso o partido, nacionalmente presidido pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, decida por um apoio a uma candidatura que não seja a do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido). As declarações do vereador foram dadas ao programa Revista 101, da Rádio Cariri FM.

– Nós não escondemos de ninguém que nosso apoio é incondicional ao presidente Jair Bolsonaro. Infelizmente, e com muita frustração, nós estamos vendo essa aproximação do PSD com a candidatura de Lula, ou até com uma candidatura própria. Eu estou analisando tudo que está sendo decidido, vendo os posicionamentos do partido e dependendo do que for definido, minha opção vai ser por buscar, dentro do sistema de fidelidade partidária, uma nova legenda para estamos nos filiando – comentou o vereador.

Sargento Neto é um dos mais destacados defensores do presidente Bolsonaro em Campina Grande e também um dos “homens fortes” do Governo Bruno Cunha Lima na Câmara Municipal. Ele, inclusive, foi eleito em pleito antecipado no começo do ano para presidir a Casa de Félix Araújo. O vereador também disse que ainda analisa a possibilidade de disputar um acento na Assembleia Legislativa, mas que ainda “é muito cedo”, para que uma definição desse porte seja tomada.

Noticia1
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!