Saúde anuncia a chegada de 4 milhões de doses pelo Covax este fim de semana

Saúde anuncia a chegada de 4 milhões de doses pelo Covax este fim de semana

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e a representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil, Socorro Gross, anunciaram a chegada de mais insumos e vacinas para o Brasil nos próximos dias.

Segundo informou Queiroga nesta sexta-feira (30), este fim de semana registra um recorde de entregas de imunizantes ao país – aproximadamente 4 milhões de doses que chegam por meio do consórcio de vacinas Covax Facility.

“Temos um recorde de recebimento de vacinas esse fim de semana, são mais de 17 milhões de doses no espaço de seis dias. Isso equivale a mais que a população de Portugal, de Israel e da Grécia. Mostrando que as ações empreendidas pelo Ministério da Saúde em parceria com a OPAS e a OMS estão sendo muito bem sucedidas”, disse Queiroga

Durante a coletiva de imprensa, o Ministério da Saúde detalhou quantas doses chegarão nos próximos dias e de quais laboratórios farmacêuticos as vacinas são provenientes:

  • Sexta-feira (30): 3,5 milhões de doses da Astrazeneca e 420 mil da Coronavac;
  • Sábado (1): 220 mil doses da Astrazeneca via Covax Facility;
  • Domingo (2): 3,8 milhões de doses da Astrazeneca via Covax Facility.

Na quinta-feira (29), o Brasil recebeu a primeira remessa com um milhão de doses da Pfizer. O ministro da Saúde Marcelo Queiroga acompanhou a chegada no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Já na última quarta-feira (28) foram 5,1 milhões de doses da AstraZeneca, segundo informações do Ministério da Saúde. 

O primeiro lote de vacinas da Pfizer será distribuído a partir desta segunda-feira (3) somente nas capitais por questões logísticas, uma vez que o imunizante precisa ser armazenado entre -25°C e -15°C, segundo a agência reguladora dos Estados Unidos. 

Avião que trouxe as primeiras doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 ao Bra
Avião que trouxe as primeiras doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 ao Brasil (29.abr.2021)
Foto: CNN Brasil

Distribuição de vacinas pelos estados

O governo federal divulgou, nesta sexta-feira (30), como será distribuído pelo país o novo lote com 5,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Norte: 315.950 doses

  • Acre: 13.200 doses;
  • Amazonas: 64.700 doses;
  • Amapá: 12.450 doses;
  • Pará: 148.750 doses;
  • Rondônia: 37.050 doses;
  • Roraima: 9.700 doses;
  • Tocantins: 30.100 doses.

Nordeste: 1.218.150 doses

  • Alagoas: 66.900 doses;
  • Bahia: 336.300 doses;
  • Ceará: 192.050 doses;
  • Maranhão: 126.400 doses;
  • Paraíba: 88.550 doses;
  • Pernambuco: 212.450 doses;
  • Piauí: 71.650 doses;
  • Rio Grande do Norte: 76.850 doses;
  • Sergipe: 47.000 doses.

Centro-Oeste: 371.700 doses

  • Distrito Federal: 66.700 doses;
  • Goiás: 161.200 doses;
  • Mato Grosso do Sul: 66.950 doses;
  • Mato Grosso: 76.850 doses. 

Sudeste: 2.478.600 doses

  • Espírito Santo: 106.200 doses;
  • Minas Gerais: 589.800 doses;
  • Rio de Janeiro: 517.450 doses;
  • São Paulo: 1.265.150 doses.

Sul: 888.650 doses

  • Paraná: 309.200 doses;
  • Rio Grande do Sul: 360.950 doses;
  • Santa Catarina: 218.500 doses.
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (30.abr.2021)
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (30.abr.2021)
Foto: Reprodução/CNN

Reunião com OMS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um apelo mais cedo, nesta sexta-feira, para que países que possuam doses em excedente de vacinas contra o novo coronavírus as compartilhem com o Brasil.

“Reiteramos nosso apelo àqueles que possuem doses extras de vacinas para que possam compartilhá-las com o Brasil o quanto antes possível, de modo a nos permitir lograr avançar em nossa ampla campanha de vacinação de modo a conter a fase crítica da pandemia e evitar a proliferação de novas linhagens e variantes do vírus”, disse Queiroga, em videoconferência com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom.

Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alcançou nesta sexta-feira o total de 26,5 milhões de doses da vacina Covid-19 disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) pelo seu Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos). Deste quantitativo, 19,7 milhões de doses são de abril, superando a previsão de 18,8 milhões de doses para o mês. 

“Estamos operando com a capacidade de 1 milhão de doses por dia, resultado de um grande esforço da nossa equipe. Temos assegurado o IFA para as entregas de maio e início de junho e novas remessas”, afirmou Nísia Trindade.