15 de outubro de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Cidades

Secretário Estadual de Educação diz que não há data marcada para retorno de aulas presenciais na PB

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (21) que não é preciso que a totalidade dos professores tenham recebido as duas doses da vacina contra a Covid-19 para que as aulas presenciais sejam retomadas no país, principalmente no setor público.

Segundo o ministro, cerca de 84% dos professores da educação nesse setor já receberam a primeira dose e, no entendimento dele, é possível compatibilizar o retorno às aulas.

O secretário de Educação do Estado, Cláudio Furtado [foto], afirmou que não há data marcada para o retorno das aulas presenciais e é necessário que os profissionais estejam vacinados com a segunda dose.

– Tendo condições, a gente pode pensar em uma volta, mas tudo depende das questões que envolvem a Secretaria de Saúde – frisou.

De acordo com Cláudio, o retorno será feito com muita cautela, iniciando gradativamente pelo ensino infantil e com 30% da ocupação de alunos.

Também disse que inquéritos sorológicos devem ser feitos para verificar se há a possibilidade de manutenção do modelo presencial, quando a retomada ocorrer.

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!