Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Rascunho

Senado adia calendário da reforma trabalhista após pressão

Após pressão dos senadores de oposição, o calendário de tramitação da reforma trabalhista no Senado será atrasado em pelo menos uma semana. A leitura da proposta de reforma trabalhista, que seria feita hoje na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), foi adiada para terça-feira (13).

O acordo, costurado após bate-boca ocorrido antes da abertura da sessão, prevê que o texto será colocado em votação apenas na terça seguinte, dia 20, na comissão.

 

Com isso, o novo calendário indica que o texto ficaria pronto para ir ao plenário em 28 de junho, mesmo dia previsto para a votação do parecer na última comissão de tramitação da matéria no Senado, a de Constituição e Justiça (CCJ).

Veja

Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!