Substituição de Ministro do STF aquece disputa por vaga

Substituição de Ministro do STF aquece disputa por vaga

A antecipação da aposentadoria do ministro Marco Aurélio para 5 de julho instalou em Brasília as discussões sobre candidatos à sua vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Entre os nomes mais citados estão André Mendonça, que deixou esta semana o Ministério da Justiça para reassumir a chefia da Advocacia Geral da União (AGU), o também “terrivelmente evangélico” Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e seu antecessor João Otávio de Noronha. 

Neste momento, a maior parte das apostas aponta para o ministro Humberto Martins como o favorito à vaga de Marco Aurélio.

André Mendonça pode ficar para a próxima: Bolsonaro precisa do seu acesso ao STF para defender as demandas de interesses do governo.

Noronha não é amigo pessoal Bolsonaro, que já declarou sua admiração pelo ex-presidente do STJ. Foi “amor à primeira vista”, definiu.

Ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Diário do Poder.