4 de agosto de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
Esportes

Treze mostra que é ruim e tropeça contra o Perilima

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 82

Foto: Ascom/Treze

O Treze perdeu uma boa chance de garantir vaga antecipada nas quartas de final do Paraibano. No Amigão, o time alvinegro perdeu um pênalti e apenas ficou no empate por 1 a 1 com a Perilima, em jogo válido pela penúltima rodada da competição estadual.

Júlio Ferrari marcou para o Galo aos 45 minutos do primeiro tempo. Rogério Sena, logo a um minuto do segundo tempo, anotou o tento de empate da Águia.

Com o resultado, o Treze segue na terceira colocação, com oito pontos ganhos, mas pode ser ultrapasso pelo Campinense, que joga na quinta-feira diante do Atlético, em Cajazeiras. Já a Perilima permanece na lanterna, com três pontos.

Na última rodada, o Alvinegro encara o rival Campinense no próximo domingo, enquanto a Águia pega o São Paulo Crystal, quando tentar evitar o rebaixamento. Pelo regulamento, o primeiro e o segundo colocado garantem vaga direta nas semifinais. Os demais, até a sexta colocação, avançam às quartas de final.

O JOGO

E logo aos 4 minutos, em contra-ataque quase mortal, a Perilima quase abre o placar. Fábio Lima pegou na intermediária e saiu na cara de Jeferson. O atacante tocou na saída do arqueiro, que conseguiu fazer ótima intervenção e evitar o gol.

O alvinegro tentou responder aos 19, quando Ferrugem recebeu na direita e cruzou na segunda trave, onde estava João Leonardo, que cabeceou por cima do travessão.

Aos 23, nova chegada boa do Galo. Bruce recebeu de Raulisson, aparecendo de surpresa dentro da área, e bateu de canhota, mas o goleiro Victor Alves conseguiu sair bem e abafar o arremate.

Em cobrança de falta, foi a nova oportunidade da Perilima se assanhar. Fábio Lima cobrou a infração da intermediária, com força, mas a bola foi no meio do gol. Ainda assim, o goleiro trezeano se atrapalhou e precisou espalmar pela linha de fundo, mandando para escanteio.

Até então, a melhor chance da primeira etapa veio aos 42 minutos. Romeu entrou na área como elemento surpresa e recebeu frente a frente com o goleiro da Águia, limpou o arqueiro e tocou para o meio, onde Raulisson veio para completar, mas chutou muito mal, muito por cima da meta do antigo time de Pedro da Sorda.

Mas aos 45, finalmente o gol saiu. Em uma bobeada que virou característica do time nesse estadual, a Perilima saiu jogando mal e deu a bola nos pés de Romeu, que acionou Raulisson que só rolou para Júlio Ferrari na direita. O lateral bateu cruzado, no canto direito, sem chance de defesa, abrindo o placar do jogo.

Paraíba Online • Treze perde pênalti e tropeça contra a Perilima no Amigão

Foto: reprodução

Segundo tempo

Disposta a evitar o rebaixamento já nesta rodada, a Perilima voltou do intervalo com gosto de gás e empatou antes do primeiro minuto. Fábio Lima recebeu na esquerda, invadiu a área e tocou rasteiro na segunda trave, onde Rogério Sena só escorou para o fundo do gol e deixou tudo igual no marcador.

O Treze buscou passar na frente de novo do placar aos 10 minutos, quando João Leonardo recebeu na entrada na área e bateu de três dedos, com estilo, obrigando Victor Alves a fazer grande defesa e espalmar a bola que tinha seu ângulo direito como endereço.

Aos 22 minutos, uma grande chance da Águia. Fábio Lima roubou de Marlon na intermediária e chegou sozinho na frente de Jeferson, mas se atrapalhou com a bola, correu mais que ela, e o camisa 1 do Galo conseguiu desviar para escanteio na hora da finalização.

Dois minutos mais tarde, outra oportunidade cristalina quando Fábio Lima encontrou Igor Chrystian entrando sozinho na área pela esquerda. O camisa 10 da Perilima demorou demais, chegou na pequena área e tocou no canto esquerdo, mas o goleiro trezeano fez mais uma excelente intervenção, evitando a virada no placar.

O árbitro Tiago Ramos viu puxão na área de Dênis em Marcelino Barbosa dentro da área após cobrança de escanteio, lance que acontece dezenas de vezes nas partidas. Na cobrança, aos 38 minutos, João Leonardo mandou no canto esquerdo de Victor Alves, que defendeu a cobrança.

O Galo tentou pressionar de qualquer maneira e aos 49, Marcelino Barbosa bateu da entrada da área e o goleiro da Perilima defendeu esquisito, de canela, mas evitou o gol que seria da vitória trezeana.

Ficha Técnica
Treze
Jeferson, Júlio Ferrari, Marlon (Adriano Alves), Rômulo e Bruce; João Ananias, Romeu (Marcelino Barbosa), Ferrugem (Jairinho) e Raulisson (Sonny Anderson); Marcelo Júnior (Bahia) e João Leonardo. Técnico – Marcelinho Paraíba
Perilima
Victor Alves, Ewerton (Stronda), José Werison, Jordan e Dudu Paraíba; Ezequias, Vitinho (Renato), Dênis e Igor Chrystian; Fábio Lima e Rogério Sena (Júlio César). Técnico – Dinho Silva
Gols -Júlio Ferrari (T), aos 45min do 1ºT, Rogério Sena (P), aos 1min do 2ºT
Cartão amarelo – Jairinho, Júlio Ferrari, Rômulo (T), Jordan, Stronda, Vitinho, Renato, Dudu Paraíba (P)
Árbitro – Tiago Ramos de Oliveira
Assistentes – Ruan Neres Souza de Queirós e Schumacher Marques Gomes

 Vozdatorcida

Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!