Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Política

Tucano defende que PSDB entregue cargos, mas mantenha apoio a Temer na votação das reformas

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) defendeu nesta segunda-feira (5) que o PSDB, principal partido da base de Michel Temer no Congresso, deixe o governo. Embora seja favorável a entrega de cargos, o parlamentar defende, contudo, que o partido mantenha apoio ao governo na votação das reformas da Previdência e Trabalhista, em tramitação no Congresso Nacional.

 

“Nós temos um momento de extrema dificuldade, um número de desempregados que só aumenta e o governo não consegue mais impor a agenda que necessita. Perdeu a governabilidade. Portanto, defendo a tese do PSDB deixar o governo, entregar os cargos e continuar com responsabilidade a apoiar as reformas que precisamos para poder avançar”, disse Pedro.

A cúpula nacional do partido se reúne mais uma vez na próxima quinta-feira (8) para discutir se permanece ou sai do governo. Para Pedro, “o cenário suscita as mais variadas avaliações, o que exige, mais do que nunca, que o partido se uma para ouvir todos e fazer prevalecer o desejo da maioria”.

 
Redação
the authorRedação
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!