23 de julho de 2021
recadao@pagina1pb.com.br
DestaquesParaíba

Waldeny Santana apresentou PL para proibir o uso da “linguagem neutra”

Em Campina Grande, cidade conhecida como “a São Paulo do nordeste” por apresentar votações em candidatos mais à direita no espectro político e pelas potencialidades econômicas e tecnológicas, um Projeto de Lei (PL 120/2021) para proibir o uso da “linguagem neutra”, recurso utilizado por militantes de esquerda para relativizar o sexo biológico e a própria língua portuguesa (substituição de pronomes definidos por palavras inexistentes no idioma, como “todes”, “menine”, “amigues”, etc.), foi protocolado no início de 2021 pelo vereador Waldeny Santana.
A ideia é centrada em blindar a língua portuguesa, um dos maiores patrimônios culturais do Brasil, de violações de toda espécie em âmbito institucional. Dessa forma, entidades como escolas, parlamento, faculdades e afins não poderiam impor, por exemplo, a linguagem neutra.
Veja trecho do projeto:
A iniciativa do vereador campinense, que aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, tem cada vez mais se consolidado como tendência nos grandes centros do país, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, bem como no próprio Congresso Nacional.
Waldeny foi eleito em 2020 com uma plataforma política conservadora, angariando 1.442 votos, e está em seu primeiro mandato.
Pensando Direita
Redação Página1 PB
Fundado em junho de 2017, o Página1 PB é um portal de notícias sediado em Campina Grande (PB), que tem compromisso com o verdadeiro jornalismo. Afinal, o Jornalismo mudou. Mas a verdade não!